Fale connosco

Avenida da Igreja nrº 28, RC/Dto
2480-301
Porto de Mós

Workflow Digital

  • 26-07-2021


A inclusão de tecnologias digitais na odontologia leva a mudanças no diagnóstico, planeamento e por consequente, no tratamento.

Workflow Digital

Os avanços na tecnologia têm um forte impacto, por exemplo, na odontologia restauradora e na implantologia.

A implantologia é a especialidade da Medicina Dentária com maior evolução nas últimas décadas.

A forma convencional utilizada na reabilitação e terapia de implantes, para fazer a moldagem, tem desempenhado um papel importante no campo da prótese dentária, onde o principal objetivo é replicar e simular a boca do paciente, utilizando modelos de gesso, silicones, entre outros.

No entanto, existem algumas desvantagens inerentes a este método, como as propriedades limitadas dos materiais utilizados, nomeadamente, variações de volume, muito menos precisão na interpretação das estruturas anatómicas e ósseas vitais, sensibilidade técnica e manuseamento potencialmente sujeito a erros, entre outros. Com isto, este procedimento, inevitavelmente, afetará o resultado final do trabalho.

A moldagem convencional, foi durante muitos anos, a única opção para os médicos dentistas e técnicos de próteses. A inexistência de tecnologia para scaneamento e impressão digital deixava tudo nas suas mãos.

Os avanços nas tecnologias levaram ao desenvolvimento de softwares de planeamento de implantes, a tecnologia CAD/CAM, é um sistema computorizado que facilita o processo de fabrico e de adaptabilidade de próteses dentárias para cada paciente.


Como funciona?

Numa primeira fase é feita a digitalização da boca do paciente; diretamente, através de um scanner intraoral, ou a partir de um molde de gesso, através de um scanner extraoral de laboratório. A digitalização gera um arquivo em formato.stl que posteriormente é trabalhado num software CAD, para desenhar um modelo virtual das restaurações a serem desenvolvidas.
De seguida, a segunda fase (CAM), é a transformação do modelo virtual num material tangível, onde é impresso um modelo3D para conferir todos os pontos de contacto e anatomia. Por fim, é fresado o trabalho final na matéria-prima escolhida, adaptado a cada paciente.


Workflow Digital

Recorrendo a este método, os profissionais de Medicina Dentária são capazes de produzir soluções protéticas de elevada qualidade, de forma mais simples, rápida e assertiva. No entanto, é importante não descorar que todos os procedimentos devem ser feitos com o maior cuidado e mantendo o controle de qualidade em todas as fases, para garantir que o resultado final é o desejado.
Confira no vídeo abaixo a explicação dada pelo Gerente Comercial da EFF Dental Ibérica, Pedro Freitas, acercado Fluxo Digital, utilizando como exemplo, os componentes da EFF Dental Componentes.